...Já nos trinta e no seguimento do BláBlás do Dia a Dia...mais um punhado de rumores...lol...e ainda sem pretensão a Nobel da Literatura ;)

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Bom Ano Novo!



Para sonhar um ano novo que mereça este nome,
você, meu caro,
tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo,
eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo dorme e espera desde sempre. (Carlos Drummond de Andrade)


sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Dum-Dum!



Dum dum!

Pensei em por dum-dum em todos os items restantes do repasto natalício e que ainda estão na nossa mesa.E manda a tradição (raxparta a tradição) assim estarão até dia de Reis...ficavam lá bonitinhos e assim ninguém tocava neles ("ninguém" leia-se: a minha pessoa...)

Apesar de ter literalmente impuntado o máximo de comezainas possíveis para a família, os frutos secos e ainda algumas guloseimas restantes acenam-me gulosos cada vez que vou á sala...e parece que ultimamente vou á sala 10 vezes por minuto! Devo andar atordoada com o cheiro da canela...ou desorientada com os sinos das renas...(é isso...o Rudolfo anda-me a lixar a linha...o safado...)

Dia 26 ainda foi um fartar de petiscar...uma amêndoa aqui, uma broa ali (se fosse só uma...)...mas tive que pôr um "basta" no petiscanso...Mau-mau Maria!...

E cada vez que faço uma viagem á mesa, a mão direita bate na esquerda em jeito de bofetada com reprimenda:

"Pshiuuuu!Já te esqueces-te dos números na balança?!!!!Agora até segunda-feira vamos manter a boquinha fechadinha...senão não há indumentária de Reveillon que te sirva"
Como diz o outro: não nos devemos preocupar com o que comemos entre o Natal e o Ano Novo, mas sim entre o Ano Novo e o Natal...


Mas dum-dum é que era...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

O Natal!

Voltei!
(Do Natal...quer-se dizer...)

Os dias que antecederam a noite de Natal assoberbaram-me...tal como já tinha desconfiado e tal como acontece todos os anos...

E este ano até tivemos direito a Pequeno Almoço com o Pai Natal no Hard Rock Cafe Lisboa...O meu deslize (eu diria avalanche...) gastronómico começou precisamente aí...era donuts, bacon n' eggs, panquecas, croissants franceses...nhammmmmm...Acho que a mingua que passei as semanas pré-natalícias não surtirá qualquer efeito...na balança ...


A manhã da véspera de Natal começou muito cedo e foi recheada de cheiros gostosos,lambuzadelas e gargalhadas...na cozinha da minha Mãe houve açúcar e canela por todos os cantos...As azevias teimavam em rebentar e o meu primeiro tronco de Natal quase que se transformou num singelo galho de Natal...Já na véspera os "ginger-anjos" que fiz para os guardanapos estavam a modos que sensíveis e partiam-se sempre que os tentava atar aos guardanapos...



Mas como diziamos nós entre sorrisos e galhofa:"Haja saúde e alegria!"
E houve...Muita!

O serão foi animado por 11 convivas embuidissimos do espírito natalício...nem o brinde ao bacalhau faltou...E o jogo do Bingo ainda deu para muita tagarelice e "discussões" quanto á divisão dos prémios, "patrocinados" pelo cabaz de Natal da Unicef...Aos doces que tínhamos confeccionado, ainda se foram juntar, cheese cake, pudim de pão, bolo de chocolate, outro tronco de natal...tudo gentis ofertas para a ceia...e no meio de tanta confusão até me esqueci de pôr o bolo-rei na mesa...





E eis que chega a meia-noite!

Aumentámos o som da aparelhagem com musicas natalícias...

Fui colocar o Menino Jesus nas palhinhas e demos largas á nossa generosidade e espontaneidade...


Entre fitas e papel, abraços e beijos agradecidos, houve prendinhas por todo o lado...cada um fez o seu montinho para a foto, como já vem sendo tradição...E mais uma vez o Pai Natal foi muito generoso comigo...eu também tenho sido uma boa "cachopa" :-) ...Além de imensos livros, todos do meu agrado, ainda recebi peças de vestuário e acessórios, um girissimo Pai Natal e um boneco de neve rechonchudo, uma caixinha surpresa com um anjinho (shiuuuu), artigos para a casa, uma caneta, um hipopotamo lilás (directamente da Namíbia) e mesmo no final do serão aparece o Mike com um bicicleta estática toda xpto! Realmente, o Pai Natal deixa-me sempre satisfeita!


No dia de Natal a alegria, repetiu-se, em casa dos meus Pais...
Adoro estes dias em que o entusiasmo são uma constante...E mesmo o reboliço em que ficou a nossa casa justifica estes dois dias que são acima de tudo mágicos...

P.S. Parte da minha avalanche gastronómica deu-me cabo do estômago na noite de Terça para Quarta...a outra parte alojou-se em mim...

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Feliz Natal para Todos!



Photobucket




Aproxima-se a Noite de Natal...

...e com ela o lufa-lufa típico da época...

que me vai manter mais afastada por uns dias...



***


Não poderia contudo deixar de passar por aqui,

desejando que tenham

um serão

harmonioso

cheio de Paz,

seja em família ou com amigos,

que a noite de Natal

seja realmente Mágica

e o dia de Natal

repleto de momentos

risonhos e calorosos


***


...do meu coração para os vossos...

votos de um Feliz Natal!


A.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Iguarias natalícias




Que melhor altura para falar de manter a linha que na época natalícia?!Hum?!


Eh eh ehhhh


Já a antever os excessos que se avizinham, fiz uma promessa solene a mim própria de não comer doces até dia 23 de Dezembro...isto desde dia 2 de Dezembro...e tenho mantido a minha boca(rra) fechada a tudo o que seja sobremesas, bolos e bolinhos...

Tem mesmo que ser, porque com as festas de convivio de departamento, subsecções do departamento, divisões das secções do departamento, chefias da empresa, sub-chefias das chefias...ok...tenho ido a algumas almoçaradas de convívio que implicam sempre paparocas pesadas...


Mas este ano tenho-as fintado todinhas!Corajosamente!

Tenho comido grelhaditos (que para mim nem é sacrifício nenhum) e fruta à sobremesa...Quando chegarem a véspera e dia de Natal, em que certamente me vou abastecer de iguarias, o meu estômago até vai estranhar o repentino aumento calórico!lol!


Falando de iguarias, vou aqui partilhar a nossa mesa de consoada e mesa de dia de Natal...pelo menos o que eu e a minha Mãe estamos a planear fazer, que não significa propriamente que venha a ser feito...e também não significa que não venham a ser acrescentadas outras ideias...


Gostava que todos os que gentilmente me visitam fizessem o mesmo ...Pode ser?


Acho engraçada esta partilha de tradições, especialmente porque na nossa casa também nós temos tradições provenientes de Norte a Sul do País: a minha mãe é alentejana, o meu pai é trasmontano, a minha sogra é algarvia e o meu sogro lisboeta.

A ceia de Natal é em nossa casa, com os meus pais e sogros, cunhada, tia e sobrinhas e começa ao fim da tarde...o serão é longo...


Filhoses de laranja
Sonhos de Abóbora
Sonhos de Natal (trazidos pelos Sogros)
Azevias de Grão (Alentejo-Algarve)
Azevias de Batata-Doce (Alentejo-Algarve)
Fatias Douradas ( á moda de moi-même)
"Beignets" de maçã (inovação este ano)
Aletria (Trás-os-Montes)
Tronco de Natal com doce de ovos(à minha responsabilidade)
Arroz Doce (feito pela minha Sogra)
Trufas de chocolate Branco
Brigadeiros
Bolachas de gengibre e canela
Bolo Rei (oferta da Empresa)


Rissois de carne
Rissois de camarão
Pasteis de bacalhau
Polvo frito (Trás-os-Montes)
Safio frito (Trás-os-Montes)
Paté de atum
Tábua de queijos
Carnes frias


Nozes, Amêndoas, Avelãs e Pinhões
Macadamias, Cajus, Pistachios,Sultanas,
Ameixas, Figos, Alperces

Em jeitos de entradas, marisco com tostinhas, patés, os salgadinhos referidos e requeijão com doce de abóbora;

O prato principal é desde o nosso 1.º Natal há 5 anos, bacalhau cozido com batatas, couves, nabos e ovo, regado com azeite de cebolada e alho, e acompanhado por broa e pão de sementes.


Sei que cada vez mais a tradição é adaptada, para bacalhau com natas ou outro tipo de bacalhau; noutras casas faz-se peru ou assa-se cabrito...mas em nossa casa fazemos muita questão de manter esta tradição do bacalhau cozido, não só pela tradição, como também por haver tantas outras iguarias mais pesaditas, que o bacalhau acaba por desenjoar :-)

Depois de comermos o prato principal, levantamos todos a mesa e pomos a mesa dos doces, frutos secos, queijos e fritos. Também gosto de servir fruta, cai sempre bem depois dos excessos da ceia. E durante o serão bebemos chá ou chocolate quente, enquanto inventamos um jogo qualquer para partilhar em família, como o bingo ou karaoke. ;-)
O dia de Natal é passado em casa dos meus pais, com tios e primos maternos e este ano também com os meus sogros; a ementa mantem-se com a excepção do prato servido á mesa que é cabrito/borrego assado com batatas assadas e salada rica.Os meus tios e primos trazem sempre uma ou outra sobremesa e a minha mãe faz uma salada de frutas que dá para alimentar meia África...lol...

E em termos gastronómicos é assim o nosso Natal...
Por isso é que ando já a adiantar-me a cuidar da linha...

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Mãe, estou super orgulhosa!



A minha mãe que vai á internet há relativamente pouco tempo, e que só este Verão aprendeu a trabalhar com a máquina fotográfica digital, mandou-me hoje um e-mail que me encheu de orgulho:


"A" e que tal uns fritozinhos de maçã ao pequeno almoço..Manda-me dizer se eles estão bons
héhé´estou a bricar contigo, eu ainda não os provei
têm bom aspecto

beijinhos


Tinha-lhe mandado o link do blog da Turbolenta ontem á tarde e ela hoje de manhã, fez os fritos ( com um excelente aspecto), tirou a foto (toda bonita por sinal), descarregou-a para o computador e ainda me enviou em jeito de brincadeira...isto tudo antes das 10 da manhã :-)

Estou cheíssima de orgulho de Ti Mãe!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Puz mãos à obra!



Eu esperei pacientemente...aguardei...aguardei...
Enquanto aguardava testei as bolachas de gengibre e canela que vou fazer para a mesa de Natal e para prender às fitas dos guardanapos...Pesquisei em sites americanos, dado que é uma receita mais usada nos Estados Unidos e lá desencantei uma que me obrigou a ir ao Celeiro comprar melaço...Como é uma inovação para as minhas bandas, decidi testar antes para ver no que dava e lá fiz meia duzia de bolachas em forma de estrelas e dois gingermans...
( o que eu corri á cata de um corta bolachas com a forma de gingerman...com as ganas de comprar um, comprei por engano uma forminha de silicone com o feitio do dito boneco a pensar que era um corta bolachas de plástico...mas lá deu mais ou menos para a minha ideia...)
Aguardei mais um pouquito...
E comecei a distribuir os volumes em cima da mesa da sala...livros...perfumes...jogos...pantufas...sabonetes cheirosos...
Espreitei pela janela...nada...
Espalhei diversos rolos de papel pelo chão...papel prateado, dourado, verde e vermelho...com brilho ou mate, com todas as cores do arco-íris...Abri a minha caixinha das fitas...transparentes, de tecido, acetinadas, com rebordo, desfiadas...E o pacotinho das molinhas de natal, azevinhos, anjinhos e bolinhas pequeninas...
Pareceu-me ouvir qualquer coisa lá fora!
...Não...afinal não...
Colei chocolates com formas natalícias em alguns ...fiz uns mini cabazes para oferecer e a todos os presentes anexei autocolantes ou cartõezinhos carinhosos...
O chão da nossa sala estava repleto de lascas de papeis, tiras de tecido, restos de folha brilhante...Desapareceu-me a tesoura uma data de vezes...E a fita cola enleava-se sempre que tinha urgencia em colar uma parte do embrulho que teimava em descolar-se...Acho que vou andar a encontrar pedaços de papel até aos Reis...
Então...
Não era suposto o Pai Natal fazer os embrulhos?!Ele não tem uma parafernália de duendes e elfos que trabalham para isso?!

Eu aguardei...juro que aguardei...mas como ele nunca mais chegava tive eu que deitar mãos á obra ao som do "Let it Snow" e "Jingle Bells"...
E peço desculpa ao Pai Natal e seus ajudantes pequenitos, cujo trabalho é deveras admirado por mim...mas...prendas embrulhadas com (o meu) carinho...têm um valor especial...É que eu meto em cada uma delas, um sorriso com validade infinita...E que melhor para aquecer os pés da árvore de Natal e os corações no resto do ano?

A nossa árvore

Respondendo ao desafio da Juanita e da Bolota, aqui está a nossa "menina" :-) ...ainda sem muitos presentinhos porque esses fiz-os ontem todos de enfiada...

Photo Sharing and Video Hosting at PhotobucketPhoto Sharing and Video Hosting at Photobucket

Não sou muito dada a essas coisas mas não podia deixar de humildemente agradecer os comentários tão bonitos e simpáticos à decoração de nossa casa...

Acima de tudo acho que todas as decorações de todas as casas, quando feitas com carinho, e reflectindo quem lá mora...são todas lindas...e por isso estamos todos de parabéns pelas nossas decorações, porque espelham o nosso espírito que eu acredito é muito brilhante e bonito :-)

(eu hoje estou lamechas...vejam só...)

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Detalhes Natalícios

Passe a expressão...já cheira a Natal em nossa casa!
Detalhe do Mini Bar
A bem dizer "cheira" sempre a qualquer festividade em nossa casa...mas no Natal faço questão que todos e quaiquer cantos tenham um toque condizente com a época...

Mesa da sala de jantar com o centro
hall de EntradaMesa de apoio na sala de jantar Decorámos a nossa casa no Sábado passado, fizemos o presépio e montámos a árvore de Natal...é tão aconchegante estar em casa e haver dourados, vermelhos, azevinho e brilhos por todo o lado...lareira
lareira detalhe

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Clichés de Natal



Li um artigo numa revista que falava nos "estraga - natais"...

Embora tenha rido a bandeiras despregadas com a ideia do artigo...eh pahhh...aquilo fez-me logo lembrar os clichés natalícios...Não que tenha algo contra os clichés natalícios...eh eh eh...mas são tão divertidos e fazem-me sempre sorrir!

Um cliché natalício que testemunho todos os anos sempre que passo a palavra de campanhas de solidariedade nesta época, é o cliché do:

"Mas não devemos ajudar só no Natal mas durante todo o ano
...só agora é que as pessas se lembram..."

Por partes...

Se lançam a campanha "Vamos dar um presente de Natal às crianças do Bairro X" ... Eh Pah...ou eu muito me engano, ou em Abril não é a melhor altura para contribuir com um presente para as crianças porem debaixo da árvore...

Toda a gente sabe que se deve contribuir durante todo o ano...a solidariedade deve ser praticada nos 365 dias, quando as pessoas querem e podem, e não restringir-se só a uma época...

Mas se se calha no erro de divulgar a solidariedade no Natal, toda a gente nos cai em cima, caroço!

Por outro lado, é nesta altura que se lançam mais campanhas e que se colocam mais meios á disposição das pessoas para que possam contribuir...E, neste ponto pode-se até discordar...mas é no Natal que muitas pessoas mais sentem as suas restrições, diferenças e carencias...por isso é natural que nos desperte mais a atenção neste corre-corre do dia a dia, este tipo de campanhas e a necessidade destes gestos...


Este afecta 99% da população e chama-se:

"Não tenho tempo para fazer nada nesta época, tenho mil presentes para comprar e estou a ficar senil"

Quando eu vou adiantando as compras de Natal em Outubro, e caio no erro de o comentar com alguém (eu e a minha bocarra...) sou sempre brindada com um sorriso maldoso de quem diz : "A adiantar presentes de Natal e comprar frutos secos...?Esta gaja é doidinha...".

Só que depois a gaja doidinha passa belos fins-de-semana no sossego do lar a ver filmes, namorar e jogar playstation, enquanto os autores dos sorrisos maldosos andam a atacar as senhoras das lojas por se ter esgotado a "Boneca Joaquina corre e fala" e por só haver a versão de 1000 ml do perfume (que custa um balurdio)...E depois de muitos tropeções e arrelias, acabam por comprar tudo à pressa, sem vontade nenhuma de nada de nada e a maldizerem o Natal...

Ok...Todos os anos o ataque aos Shoppings inicia-se em Novembro e piora drasticamente em Dezembro...é uma lei da natureza, é um facto ciclico que se repete todos os anos sem surpresa...e a coisa tem tendencia a piorar...


Que por opção se vá para o shopping nestes dias, ainda vá que não vá...Ainda o fim de semana passado lá estivemos...

Que por opção se deixem as coisas para se fazer a faltarem 10 dias para o Natal...eh pah...Há quem prefira uma certa adrenalina!Nada contra! Mas...depois haver lamentos e queixumes pelo frenesim anterior ao Natal...hummmm...e depois repetirem tudo no ano seguinde...duplo hummmmm...


Este surpreende-me profundamente porque acho que não tem nada a ver comigo pessoalmente...

"Agora o Natal é só consumismo...Não tem significado sentimental nenhum...as pessoas é só comprar e gastar e bla bla bla..."

As pessoas? Mas quais pessoas?

É bonito apelar-se ao sentimento...mas fala-se assim como se as pessoas fossem uma espécie á parte, como se não fizessem parte da raça humana...

As pessoas somos todos nós...

Nós é que fazemos o Natal!

Nós é que somos uns consumistas de uma figa!

Nós é que atafulhamos os miudos com tanta coisa nos 10 minutos após a meia noite que eles não só não têm mãos a medir, como não dariam pela falta de qualquer um dos presentes de menos de 50 € que aparecessem debaixo da árvore!


Eu não vou ser hipócrita: adoro desembrulhar presentes e receber presentes, estou mortinha por saber o que me está destinado...Quem não gosta que atire a primeira pedra (ou prenda!) ... Gosto acima de tudo da alegria que rodeia a noite de Natal...das tarefas em família!Da descontração!Das risadas!


Mas também gosto da parte dos presentes...e adoro igualmente oferecer presentes, porque acima de tudo tento oferecer coisas, mais simbólicas que materiais...Não olho tanto ao valor monetário mas á felicidade que possam despertar na outra pessoa...E acima de tudo não dou presentes por obrigação, comprados em série (...já dei, mas isso é uma longa história...)


...As minhas ofertas vão em embrulhos pessoais que dizem:"gosto de ti" ... Pela parte que me toca, e digo-o orgulhosa e humildemente, o Natal não é consumismo...é dar um pedacinho de nós quer seja em forma de postal, de companhia, de um telefonema ou de uma lembrança...O Natal só será consumismo quando deixarmos que seja...e por enquanto para os meus lados...nahhhh..


E depois há o cliché de Natal dos que fazem questão de dizer que não gostam do Natal, porque "sim"
"Ai o Natal e mais não sei quê e o consumismo e a confusão e as prendas, e a fome, e a poluição e não sei que mais..."

(não falo dos que se sentem mais tristes e nostálgicos no Natal, porque esses eu respeito, porque lhes recorda coisas na vida e pessoas...esses eu percebo...e acarinho...)...

Estou a falar das pessoas que não gostam do Natal porque é chique não gostar do Natal, e estes criticam tudo o que acontece nesta época, desde a história da solidariedade, mais o consumismo...irritam-se com a felicidade e harmonia dos outros...

Pois bem...Época feliz devia ser todo o ano, mas se há uma época mais feliz mesmo no fundinho do ano...Para quê chatear...Não gostam pronto, fiquem sossegados e não quebrem esta magia...porque ainda há pessoas que sentem a magia...(mas isso também é outra história...e aconteceu o ano passado aqui na blogosfera...)...

E tantos outros havia para falar...e nem vou falar dsos SMS que recebo todos iguais, tipo "Sou o pai natal e venho não sei quê....", enviadinhos ao calhas...ihhhhhhhhhhh...qualquer dia posto aqui o SMS mais repetido que recebi no Natal, para ver se coincide com os vossos...eh eh eh...Custa muito mandar um simples e singelo"Feliz Natal para ti A." ?
beijos rabujentos mas divertidos! :-D

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Ajudar é Preciso

Já sei que devemos ajudar-nos uns aos outros durante todo o ano e não apenas nesta época (isto é um "disclaimer" porque aparece sempre algum anónimo a mandar vir por se falar em solidariedade no Natal).
Mas é nesta época que várias campanhas são lançadas e mais divulgadas e é também nesta época que as pessoas mais necessitadas mais sentem as suas carências e limitações...
Não só as campanhas da Cruz Vermelha e do Gil com os postais de Boas Festas, e da Unicef, sobejamente conhecida...reparei que muitos Hipermercados,Centros Comerciais e Câmaras Municipais/Juntas de Freguesia fazem recolha de brinquedos para crianças mais carenciadas.
Existem inclusivamente cadeias de supermercados, como o Pingo Doce/Feira Nova onde podemos adquirir um vale simbólico que será trocado por instituições por bens de necessidade.
Recebi esta campanha por e-mail:

MOVIMENTO PIJAMINHA

Olá a todos!Nesta altura em que finalmente o frio começa a dar um arzinho da sua graça e as luzes na rua anunciam o Natal à porta, venho mais uma vez fazer-vos um convite especial. A maioria já saberá do que se trata mas, de entre todos vós, sei que haverá alguém para o qual esta será uma novidade. Por isso passo (mais uma vez) a explicar:

Entre uma série de amigos temos conseguido angariar, para entregar no IPO, pijamas que tanta falta fazem às crianças que, infelizmente, lá passam tanto tempo das suas vidas.

Esta ideia surgiu há dois anos e hoje já me atrevo a apelidá-la de"Movimento Pijaminha" pelo sucesso que têm tido os esforços conseguidos!:)

Pela 3ª vez consecutiva, venho apelar à vossa boa-vontade e pedir-vos que se juntem a mim no esforço de tornar o Natal de algumas crianças mais quentinho.

As necessidades existentes passam pela falta de pijamas, pantufas,chinelos, meias, robes e fatos de treino. Sei que a vida não está fácil mas, dentro das vossas possibilidades peço-vos que participem, comprando ou obtendo, junto de amigos e familiares, agasalhos que já não sirvam. E já agora, se acharem que sim, espalhem a palavra! :)

terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Diz que...

Diz que até não é um Mau Blog

Eh lecas!

Parece que há alguém aqui na blogosfera que considera que aqui os aposentos da Framboesa nem são assim maus de todo (é o que dá terem ar condicionado, mini bar, musica ambiente, acepipes à discrição...)...


Obrigada Bolota por tão "distinta distinção"! :-)


Agora vou ter que passar o troféu a mais 7 blogs...hummmm...só sete?!


Lá seleccionei estes dos que ainda não foram contemplados... não são grande coisa, tal como o meu...mas também não são maus de todo!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Fim de semana com cheiro a chocolate e aroma de canela


Começou o Advento...Ontem mais propriamente, uma vez que a data varia de ano para ano, e coincide com o período das quatro semanas anteriores ao Natal...(mais sobre o Advento)...


O fim de semana já teve um cheirinho a Natal...

No Sábado fomos a uma festa natalícia entre amigos, tradição iniciada há três anos atrás: todos os anos nos reunimos no início de Dezembro na casa dos anfitriões sorteados no ano anterior e cada um contribui com o seu quinhão para compor a mesa e antecipamos assim a consoada, com direito a bacalhau, troca de presentes e muitas gargalhadas :-)


Já fizemos as comprinhas todas de Natal, incluindo as da mesa da Consoada (frutos secos, guloseimas e afins...)...
A parte dos ingredientes para os fritos e outras iguarias carregadas de calorias e colestrol fica a cargo da minha Mãe :-)

No Domingo fomos num saltinho ao Shopping da zona comprar os presentes restantes...Num saltinho quer dizer...era essa a nossa ideia...Mas o saltinho durou um bom par de horas, e mesmo com a lista em punho, tivemos que fazer face a filas, a produtos esgotados e magotes de gente ( e não se esperava outra coisa do ShoppingCenter às 12 horas na primeira semana de Dezembro...)...mas sobrevivemos! (eh eh eh)
E para finalizar o Domingo em beleza...um lanche especial para o meu pai que fez anos na Quinta-Feira passada...e...cof cof cof...Fiz um bolo de chocolate, com ar de bolo, textura de bolo e sabor a bolo de chocolate :-) (na patusca, claro, senão era mais uma amálgama de massa para ser assassinada pelo meu querido forno)


...Decoração natalícia?

Só mesmo aqui nos meus aposentos, porque em casa ainda não houve um momento para tal...até porque as nossas decorações natalícias ocupam-nos um dia inteiro...não sei se a culpa é das 367 bolas da árvore de Natal...ou das 245 ovelhas do presépio...ehhhhh

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

101 coisas em 1001 dias...Novembro 07

101 coisas em 1001 dias
Mais um balanço mensal para as minhas 101 coisas em 1001 dias...


…SAÚDE E CORPO

Ando a portar-me bem com as máscaras semanais e exercício...


Já a bem dita da meditação não há meio de entrar na rotina...secalhar preciso mais de coisas mexidas e extrovertidas do que de meditação...mas fazia-me bem relaxar e parar um pouquinho...


A limpeza de pele de Outono acho que vai passar para o Inverno...era para ser esta semana mas com o surto de herpes que apanhei não me faria bem...talvez na próxima sexta consiga marcar...


A tatuagem também está encalhada...tenho um medo que me doa e depois em vez de fazer um desenho fique só com uma pintinha...ehhhhh


…VIAGENS, PASSEIOS E EXPERIENCIAS:

...nada...




HOBBIES, DIVERSÃO, CULTURA E DESENVOLVIMENTO PESSOAL:

Não sei onde puz o livro "A inutilidade do sofrimento" (poderá um livro desaparecer de casa?!)...e já acabámos de ler "O Segredo"...Quanto a filmes, para nós é canja já que moramos em frente ao VideoClube...lol...

Fomos a um curso de cozinha do Chakkal...Não sei se conta...mas aprendi coisas giras e foi muito divertido...



… FAMÍLIA E AMIGOS:

Acho que o ponto alto foi mesmo o nosso 1.º jantar de Acção de Graças :-)



…CASA E ORGANIZAÇÃO

Embora já tenha dado um jeito valente á maior parte da casa...ainda ando a organizar as roupas de Inverno...A ver se fica tudo organizado neste mês! A edição dos dvd's também me está a ocupar cerca de 2 horas por dia...

Quanto a culinarices aos pouco vou perdendo o medo da doçaria e pastelaria...não sei se é bom (...conseguir fazer sobremesas decentes...) ou mau (...rapar tudo quanto é tigela de leite condensado e afins...)



…COMPRAS:

Já fiz praticamente todas as compras de prendas...falta só para quatro pessoas...(que representam cerca de 5 % de todas as outras ...eh eh eh...ou melhor, ho ho ho...)

…TRABALHO E ESTUDOS e OUTROS...

(bahhh)


Sem comentários...não tenho conseguido cumprir quase nada desta secção...

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Mandem terra...



Um dia, um burro caiu num poço e não podia sair dali.


O animal choroufortemente durante horas, enquanto o seu dono pensava no que fazer.Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço estava mesmo seco, precisaria de ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena esforçar-se para tirar o burro de dentro do poço.


Chamou então os seus vizinhospara o ajudar a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a atirar terra para dentro do poço.O burro entendeu o que estavam a fazer e chorou desesperadamente. Até que, passado um momento, o burro pareceu ficar mais calmo.


O camponês olhou para o fundo do poço e ficou surpreendido. A cada pá de terra que caía sobre ele o burro sacudia-a, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão.


Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até ao topo do poço, passar por cima da borda e sair dali.


A vida vai atirar muita terra para cima de ti. Principalmente se já estiveres dentro de um poço.

Cada um dos nossos problemas pode ser um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos buracos mais profundos se não nos dermos por vencidos.

Usa a terra que te atiram para seguir em frente

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Também chamada TPM



...Há uma altura específica do mês em que...
...as coisas me parecem extremamente complicadas ( mesmo que seja distinguir entre o chinelo do pé direito e o do esquerdo...)...

...as tarefas a desempenhar são uma missão quase impossível (...sim, ordenar 10 folhas do "1" ao "10" passou a ser algo de outro mundo)

...um gelado com 5 sabores diferentes, topping de leite condensado, extra natas e chocolate quente não me parece nada excessivo...

...a roupa fica-me toda mal, é toda feia, está toda fora de moda, se está frio não me agasalha o suficientemente, se está calor é quente demais...( mesmo que tenha sido comprada ontem, directamente de uma paserelle de Paris e ontem me ficasse perfeita e me fizesse sentir a mais bela mulher á face da terra) (não que isto costume acontecer muitas vezes...)

...o cabelo está não-sei-quê, a pele não-sei-que-mais e afinal os perfumes que costumo amar cheiram a fuligem, a caruncho e a outras coisas estranhas...

...a juntar ao gelado de há bocado, podia juntar um Mc Menu...com muitas batatas fritas...

...as pessoas estão todas a embirar comigo...(sim, perguntar se "Dá licença" quando querem passar, está-se mesmo a ver que estão a embirrar comigo...)...

...buáaaaaaaaaaaaaaaa...

...afinal não gosto de nada de nada...

...e para rematar estou gordissima mesmo pesando o mesmo peso e a roupa parecendo que fica igual...(simmm...porque eu sei que apenas parece...na verdade eu engordei e as pessoas em meu redor como são más não me dizem nada...embirrantes de um raio...fogo!...)
O que vale é que passados dois dias tudo volta ao normal e a tronga monga só me volta a dar daqui a um mês...

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

...Havia tanto para agradecer!...


Depois de um pico de azáfama entre recheia perna de peru, vira e revira, cobre com bacon, tira o bacon, tira a prata, afinal mete a prata para não queimar, amassa a massa, corta as maçãs, corta mais uma que estas são poucas, meio cálice de Porto para dar um toque português, vigia o puré, a batata doce e ...ai o "pirum" que se queima...

O sossego...


Com um cd do Pavarotti como música de fundo, os dois demos as mãos e agradecemos por tudo e mais alguma coisa que nos recordámos na altura...pela saúde, pela família, amigos..pelas viagens...pelo nosso amor...pela nossa casa, água e electricidade...pelo emprego...havia tanto para agradecer que passámos o jantar todo a falar sobre isso...e afinal era mesmo para isso que ali estávamos reunidos...

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

...Infinitamente grata...


...e a saga continua...

As pernas de peru estão de molho no frigorifico, em duas tigelas com água,rodelas de laranja e limão, louro, sal, pimenta e outras ervas...(...Para quê deixar as pernas de molho nesta mistela?... Não faço a mais pequena ideia, mas li que se devia fazer isto em vários sites, especialmente estrangeiros...deve ser para o peru ficar mais descontraído, tipo, banho de espuma...)
A massa para a Apple Pie também está a descansar no frigorífico, em forma de bola...Feita estronça resolvi amassar a massa até á exaustão, dei-lhe uma tareia valente... e depois é que reparei numas notas no fim da receita:"Não amassar muito a massa, só ligeira e delicadamente, para que ela não endureça..."

Quando de manhã dei uma espreitadela ao frigorífico e toquei na dita massa, não fiquei tão descansada quanto ela: está duríssima, boa para servir de rocha na minha decoração do presépio ou como arma de arremeço...
Update!(12:55)
Estive a ver na net os temperos para o perú, imediatamente antes de colocar no forno...não é que o Sr. Perú (no meu caso, as pernas do Sr. Perú) depois do dito banho de beleza, ainda é vigorosamente massajado com manteiga e azeite...xiiii...começo a achar que os perús são uns bichos muito chiques...o processo culinário mais parece retirado de uma tarde num Spa todo "finesse"...

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Saga do Peru

Decidi fazer um jantar de Acção de Graças...


Já ando para o fazer há imenso tempo, e então pensei em começar este ano essa tradição lá em casa...mesmo sendo uma tradição estrangeira, acho que a essência desta celebração tem muito a ver com a nossa maneira de ser e estar na vida: estamos gratos por muita coisa no nosso quotidiano, e nem sempre paramos para pensar a fundo nisso, no meio de tantos queixumes e lamentações diárias...

Então decidimos (...ok..."eu" sugeri e o Mike concordou...) fazer um jantar de Acção de Graças, que nos permitiria não só agradecer mais expressivamente todas as nossas bençãos, mas também listar para a posteridade tudo pelo que estamos gratos, lista que pretendemos manter e se Deus quiser ir aumentando o número de items pelo que estamos gratos de ano para ano :-)


Esta é a parte poética da coisa...
Agora vamos passar á parte taralhoca...

Eu embirrei porque embirrei que se era para se iniciar uma tradição íamos iniciar com pompa e circunstância, com peru e afins...


Os afins (acompanhamentos e sobremesa) já eu resolvi...até com uma graciosa lata pedi à Cristina uma receita de recheio para peru e ela amavelmente e rapidamente enviou-ma (thanks)...


Agora o peru...


Não sei se já observaram um peru...nãos os vivos a "gluglular" pelos campos...Os que estão nas arcas frigoríficas dos supermercados ou talhos...


Pois, eu nunca tinha obervado um peru com toda a atenção mas tive ontem a oportunidade de me debruçar sobre essa tarefa...
Em frente á arca frigorífica de um hiper da zona assoberbei-me de um peru inteiro...Eh pah...o bicho é grande, gordo e feio...Voltei a pousa-lo...

Mas depois pensei: "Eh pah...se não for um peru inteiro o jantar de Acção de Graças não tem graça nenhuma...!" e voltei a pegar nele com mais convicção...
Mas olhei para o peru e ele olhou para mim...e voltei a pousa-lo...
É que é muita carne junta pahhhh...sei lá...

Por essa altura já os seguranças do hiper tinham certamente sido alertados para uma doida a abraçar-se aos perus na secção de charcutaria...

Lá me decidi por levar pernas de peru em vez do dito inteiro...Não sem antes dar uma barraca fenomenal:
Eu-"Levo estas pernas que já estão desossadas..."
Senhor talhante-"Isso não são pernas, é o peito..."
Eu- "Ah...Não...Estava a falar destas, mas queria desossadas..."...(disfarcei a coisa e lá dei com as pernas na montra do talho...)

Em minha defesa por não fazer um peru inteiro tenho a dizer:
1. Mesmo que quisesse fazer um peru inteiro o bicho demora imenso tempo no forno, por isso só estaria pronto lá para Sábado...
2. O Mike prefere as pernas de frango por isso também deve preferir as de peru...
3. Dado o n.º diminuto de convivas ( eu +Mike=2) seria excessivo aparecer com uma besta de 5 kilos...

E amanhã a saga vai continuar...ai vai vai...

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Livro e chocolate


A Luna, lançou-me este desafio...

1. Pegue no livro mais próximo, com mais de 161 páginas – implica acaso e não escolha.
2. Abra o livro na página 161.
3. Na referida página procure a 5.ª frase completa.
4. Transcreva na íntegra para o seu blogue a frase encontrada.
5. Passe o desafio a cinco bloggers.

O único livro que tinha á mão no gabinete chama-se "Uma Casa na Irlanda" da Maeve Binchy, e a frase que calhou foi a seguinte:

" (...)- É uma data de dinheiro-disse Dekko com toda a solenidade.(...)"

(Boa frase hein? Poderá ser o destino a dizer-me que vou ganhar uma data de dinheiro?Ou que ando a gastar uma data de dinheiro com as prendas de Natal?...Hummm...)

Passo o desafio à Juanita, à Cristina, à Ana FelpudaVerita, e à Inês :-)

...e lançou também este desafio...

"Que tipo de chocolate és tu?"
O meu resultado:sou um chocolate branco :-)

You are White Chocolate

You are White Chocolate.You are sweet, caring, and truly very innocent.Whether your naive ways are a bit of act or not, people like to take care of you.You are a quiet flirt, and your power is often underestimated!

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

...Outra vez na Cozinha!


Eh pahhhh...

Podia falar do tempo...

...que ao contrário do que se possa pensar não está perfeitamente como gosto, porque eu gosto de Outono...não tanto do Inverno...(a menos que possa ouvir a chuva lá fora numa manhã de Domingo, aconchegada no quente dos lençóis e dos braços do amor da minha vida, que por mero acaso até é o meu marido... ou no sofá, com chá quente salpicado de leite e bolinhos a acompanhar...hummmmm...)...


...Mas este não é o "meu" Outono (siiiim, que eu tenho uma versão do Outono que inclui tardes amenas, folhas crepitantes e meias secas...o que não é bem o caso...suponho que a minha versão do Outono seja igual a de todos os outros comuns-mortais, por isso proponho fazermos um abaixo assinado a reclamar com o S. Pedro, ou então oferecemos-lhe uma agenda onde fique bem especificado que o Inverno é lá mais adiante...)


Podia, pois podia...

Mas tenho estado na cozinha! :-)

Ando virada para culinarices...
E até acho que o avental ( "os aventais"...tenho bastantes...ehhhh) me fica bem...
Não que dantes não cozinhasse...
E quando digo cozinhar, refiro-me a tudo o que esteja para lá de abrir a embalagem e aquecer no micro-ondas...
Mas agora ando numa de testar pratos novos, remediar erros culinários antigos...Esta hitória tem o grande senão das calorias extras que vão entrando...que eu contorno com umas substituições de ingredientes, umas mini doses a acompanhar de sopa ou salada...ou quando não há outro remédio: mais um dia extra de exercício que o habitual...


As novidades esta semana foram:
(cof, cof, cof)

-Omelete ( com ar, sabor e textura de omelete)
-Risotto de Frutos de Mar do Blog da Gio, ( que eu elegantemente anunciei como Risotto Del Mare)


A Omolete:
Ora bem...pois é básico...a gente sabe que é básico...

Mas todas as minhas omoletes anteriores passavam a ovos mexidos num espaço de 5 minutos:
-Amor, vou fazer uma omolete de salsichas...
-Ok
(...5 minutos...)
-Amor, afinal são ovos mexidos...apetece-me antes ovos mexidos...errrr

Isto porque a coisa começava bem, mas depois uma parte pegava, outra estava crua...e vá de misturar tudo...
Vá lá que no site da Martha Stewart ela tem a amabilidade de explicar com um video como é que se faz...e pronto, testei e afinal não tem nada que saber...saíu linda, direitinha, saborosa, e recheei com um refogado de salsicha de peru, tomate e pimento ...


O Risotto
Andei a anunciar que ía fazer um risotto, como quem anuncia que vai fazer um bolo de 15 andares e 10 sabores...ehhhhh...

Achei que só pelo nome, o dito prato merecia honras especiais :-)

E na minha grande estreia fiz o aconselhado pela Gio e apesar de quase ter ficado com o braço dormente de estar sempre a mexer o Sr. Risotto...ficou muito bom...E nem o comentário do Mike, questionando se não era o mesmo que arroz de marisco me desmotivou...desarmei-o com a seguinte explicação...

-Claro que nãooooo!Então não notas que a textura é mais amanteigada porque o arroz arbóreo (é arroz arbóreo, não é como o outro pahhhhh!) devido à sua composição e ao modo como é cultivado absorve muito melhor os sabores e temperos, e tem bastante mais amido, daí este toque especial?!

(ok amor...confesso que tinha lido isto tudo na embalagem do arroz minutos antes...)
(mas estava bom não estava?)

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Lulas com Caril

Ontem decidi fazer umas lulas com caril; como parte do pessoal lá da casa não é muito adepto do caril e a outra parte (leia-se "eu") está em contenção de calorias, fiz uma receita o mais simples possível (sem por exemplo utilizar leite de côco tão característico deste tipo de receitas) baseada noutra que encontrei no site Receitas e Menus.


Ingredientes:

1 kilo de lulas limpas ou em argolas
1 cubo de caldo de galinha ou carne
1 chávena mal cheia de água
1 chávena de leite
coentros picados q.b.
caril em pó a gosto ( eu utilizei 4 colheres/chá)
sal q.b. se necessário


Preparação:

  1. Diluir o caldo de carne/galinha na água;
  2. Num tacho colocar as lulas partidas em argolas, a água com o caldo diluído e o caril;
  3. Deixar levantar fervura e ferver durante cerca de 15 minutos;ir mexendo;
  4. Adicionar o leite e os coentros e rectificar temperos;
  5. Cozinhar em lume brando até as lulas ficarem macias (cerca de 10-15 minutos)
Acompanhei com arroz basmati simples; eu prefiro misturar as lulas com o arroz, mas para o Mike servi mesmo assim: