...Já nos trinta e no seguimento do BláBlás do Dia a Dia...mais um punhado de rumores...lol...e ainda sem pretensão a Nobel da Literatura ;)

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Clichés de Natal



Li um artigo numa revista que falava nos "estraga - natais"...

Embora tenha rido a bandeiras despregadas com a ideia do artigo...eh pahhh...aquilo fez-me logo lembrar os clichés natalícios...Não que tenha algo contra os clichés natalícios...eh eh eh...mas são tão divertidos e fazem-me sempre sorrir!

Um cliché natalício que testemunho todos os anos sempre que passo a palavra de campanhas de solidariedade nesta época, é o cliché do:

"Mas não devemos ajudar só no Natal mas durante todo o ano
...só agora é que as pessas se lembram..."

Por partes...

Se lançam a campanha "Vamos dar um presente de Natal às crianças do Bairro X" ... Eh Pah...ou eu muito me engano, ou em Abril não é a melhor altura para contribuir com um presente para as crianças porem debaixo da árvore...

Toda a gente sabe que se deve contribuir durante todo o ano...a solidariedade deve ser praticada nos 365 dias, quando as pessoas querem e podem, e não restringir-se só a uma época...

Mas se se calha no erro de divulgar a solidariedade no Natal, toda a gente nos cai em cima, caroço!

Por outro lado, é nesta altura que se lançam mais campanhas e que se colocam mais meios á disposição das pessoas para que possam contribuir...E, neste ponto pode-se até discordar...mas é no Natal que muitas pessoas mais sentem as suas restrições, diferenças e carencias...por isso é natural que nos desperte mais a atenção neste corre-corre do dia a dia, este tipo de campanhas e a necessidade destes gestos...


Este afecta 99% da população e chama-se:

"Não tenho tempo para fazer nada nesta época, tenho mil presentes para comprar e estou a ficar senil"

Quando eu vou adiantando as compras de Natal em Outubro, e caio no erro de o comentar com alguém (eu e a minha bocarra...) sou sempre brindada com um sorriso maldoso de quem diz : "A adiantar presentes de Natal e comprar frutos secos...?Esta gaja é doidinha...".

Só que depois a gaja doidinha passa belos fins-de-semana no sossego do lar a ver filmes, namorar e jogar playstation, enquanto os autores dos sorrisos maldosos andam a atacar as senhoras das lojas por se ter esgotado a "Boneca Joaquina corre e fala" e por só haver a versão de 1000 ml do perfume (que custa um balurdio)...E depois de muitos tropeções e arrelias, acabam por comprar tudo à pressa, sem vontade nenhuma de nada de nada e a maldizerem o Natal...

Ok...Todos os anos o ataque aos Shoppings inicia-se em Novembro e piora drasticamente em Dezembro...é uma lei da natureza, é um facto ciclico que se repete todos os anos sem surpresa...e a coisa tem tendencia a piorar...


Que por opção se vá para o shopping nestes dias, ainda vá que não vá...Ainda o fim de semana passado lá estivemos...

Que por opção se deixem as coisas para se fazer a faltarem 10 dias para o Natal...eh pah...Há quem prefira uma certa adrenalina!Nada contra! Mas...depois haver lamentos e queixumes pelo frenesim anterior ao Natal...hummmm...e depois repetirem tudo no ano seguinde...duplo hummmmm...


Este surpreende-me profundamente porque acho que não tem nada a ver comigo pessoalmente...

"Agora o Natal é só consumismo...Não tem significado sentimental nenhum...as pessoas é só comprar e gastar e bla bla bla..."

As pessoas? Mas quais pessoas?

É bonito apelar-se ao sentimento...mas fala-se assim como se as pessoas fossem uma espécie á parte, como se não fizessem parte da raça humana...

As pessoas somos todos nós...

Nós é que fazemos o Natal!

Nós é que somos uns consumistas de uma figa!

Nós é que atafulhamos os miudos com tanta coisa nos 10 minutos após a meia noite que eles não só não têm mãos a medir, como não dariam pela falta de qualquer um dos presentes de menos de 50 € que aparecessem debaixo da árvore!


Eu não vou ser hipócrita: adoro desembrulhar presentes e receber presentes, estou mortinha por saber o que me está destinado...Quem não gosta que atire a primeira pedra (ou prenda!) ... Gosto acima de tudo da alegria que rodeia a noite de Natal...das tarefas em família!Da descontração!Das risadas!


Mas também gosto da parte dos presentes...e adoro igualmente oferecer presentes, porque acima de tudo tento oferecer coisas, mais simbólicas que materiais...Não olho tanto ao valor monetário mas á felicidade que possam despertar na outra pessoa...E acima de tudo não dou presentes por obrigação, comprados em série (...já dei, mas isso é uma longa história...)


...As minhas ofertas vão em embrulhos pessoais que dizem:"gosto de ti" ... Pela parte que me toca, e digo-o orgulhosa e humildemente, o Natal não é consumismo...é dar um pedacinho de nós quer seja em forma de postal, de companhia, de um telefonema ou de uma lembrança...O Natal só será consumismo quando deixarmos que seja...e por enquanto para os meus lados...nahhhh..


E depois há o cliché de Natal dos que fazem questão de dizer que não gostam do Natal, porque "sim"
"Ai o Natal e mais não sei quê e o consumismo e a confusão e as prendas, e a fome, e a poluição e não sei que mais..."

(não falo dos que se sentem mais tristes e nostálgicos no Natal, porque esses eu respeito, porque lhes recorda coisas na vida e pessoas...esses eu percebo...e acarinho...)...

Estou a falar das pessoas que não gostam do Natal porque é chique não gostar do Natal, e estes criticam tudo o que acontece nesta época, desde a história da solidariedade, mais o consumismo...irritam-se com a felicidade e harmonia dos outros...

Pois bem...Época feliz devia ser todo o ano, mas se há uma época mais feliz mesmo no fundinho do ano...Para quê chatear...Não gostam pronto, fiquem sossegados e não quebrem esta magia...porque ainda há pessoas que sentem a magia...(mas isso também é outra história...e aconteceu o ano passado aqui na blogosfera...)...

E tantos outros havia para falar...e nem vou falar dsos SMS que recebo todos iguais, tipo "Sou o pai natal e venho não sei quê....", enviadinhos ao calhas...ihhhhhhhhhhh...qualquer dia posto aqui o SMS mais repetido que recebi no Natal, para ver se coincide com os vossos...eh eh eh...Custa muito mandar um simples e singelo"Feliz Natal para ti A." ?
beijos rabujentos mas divertidos! :-D

11 comentários:

karoxinha disse...

ola

eu adoroooooooooooooooooooooo o Natal... o embrulha e desembrulha presentes... o ar que se vive... o cheiro que sente... as pessoas até parecem mais bem dispostas...

em miinha casa o Natal sempre foi uma festa... ainda me lembro dos meus pais nos mandarem para a cama, senao o Pai Natal nao vinha... o primeiro boneco(xamo-lhe matrofão pq é enormeeeeeeeeeee)ainda o guardo... gostei tanto dele... ainda o guardo no meu quarto em casa dos meus pais... gosto de lá... e simplesmete recordar...

Por isso me sinto tao nostalgica e ao mesmo tempo tao triste... por estarvtao longe da "nossa festa"... da nossa farra... é tão bom...

os meus sogros vem para cá uma mês inteireinho, oh valha-me santa engracia... eu devo ter sido uma peste na outra vida, só pode...

neste momento, so queria mesmo uma coisa de presente "driving home for cristhmas" tal como a musica lá do cantinho... nao haveria melhor presente...

jinhos karinhosos
karoxinha

ps... pontus la estou outra vez lamexas... arre que é loira...

Seni disse...

Posto isto!!!
E depois desta ensaboadela cheia de razão! E cheia de verdades, verdadinhas! Resta-me dizer que.... só falta aqui uma foto tua com um sorriso de orelha a orelha e vestida de mãe Natal!!
Fizeste-me pensar agora....
kisses

ccva disse...

Ola linda, eu tb gosto do Natal, eu e os meus aqui sossegadinhos em paz e sossego é tão bom...

turbolenta disse...

Já gostei mais. Quando os meus filhos eram pequenos, adorava. Era uma loucura! a mãe era bem pior que eles. Andava eufórica nas compras e na hora de desembrulhar. Claro que todos gostam de receber . Quem disser que não mente.
Costumo ir comprando tudo com a devida antecedência. Muitas vezes no Verão , quando vejo algo interessante e que pense que A,B OU cc gostam e precisam, lá vou eu a comprar. Tenho sempre papel de embrulho apropriado e faço logo os embrulhos , os laçarotes e o célebre cartão....sim....porque sem cartão, e com tanto tempo de antecedência, nem eu sabia o que lá tinha dentro nem para quem era.
Sou incapaz de comprar à última da hora( só mesmo o bolo rei)....
Mas, não sei se por as coisas estarem tão caras, se o emprego faltar a muitas pessoas, de ano para ano, noto que o Natal está a perder aquela magia que tinha.
boa semana

Juanita disse...

Olá

adorei o teu post (aliás como sempre) e estou completamente de acordo contigo!
eu tb adoro o natal e não vou ser hipocrita ao dizer que as prendas não interessam e tal...é claro que gosto de ser presenteada por aqueles que amo e que são verdadeiramente importantes por mim, um simples postal faz toda a diferença (e qd Vêm carregado de anjinhos...ainda melhor)!!

Adoro ver a acara de alegria do meu filho e a cara de surpresa, adoro ter a lareira acesa e de estar em frente a ela com musica natalicia de fundo, adoro cozinhar doces e afins para essa noite e dia tão especiais, adoro preparar tudo ao promenor, adoro fazer os meus embrulhos personalizados com tudo a condizer e onde nem as etiquetas são deixadas ao acaso...adoro o natal sim!!

e mais não digo....

digo só que....adoro-te a ti tb!!

beijocas natalicias!!

karoxinha disse...

Olaaaaaaaaaaaaaaaaaa

lindaaaaa... a minha bombom.kenina tem a volta de umas 15 saias... e so quer vestir saia... e saia, e saia... enfim... tem apenas 4 pares de calças... e sempre q lhe tento vestir umas calças... uiiiiiiii... ela acorda a vizinhança toda... nem com a linga-linga de que a barbie tb veste calças a engano, pq ela responde logo "barbie nao veste calças, e um princesa mãeeeeeeeee...."... vês como é dificil...

minha mãe diz q a culpa é minha... será!?!?!?!??!?... naaaaaaaaaaa, impressão dela... eheheheheh

jinhos karinhosos sem saia hihihi
karoxinha

ALEXIA disse...

Olha hoje falates bem muito bem, o Natal somos todos nós, nós é que fazemos o Natal

o consumo desenfriado a loucura..enfim

lá por casa as crianças tem os presentes de natal mas nós os grandes temos uma graça que tem de ter haver com quem dá e com quem recebe

beijos natalicios...

Luazzinha disse...

bem isso é que foi um sr post :)
eu adoro o Natal :) e desde que casei ainda sinto mais o espirito do natal :) o prazer de fazer a arvore de natal... de mudar a decoração... o prazer de comprar as prendas que sao oferecidas com amor e sem ligar ao valor que devo gastar se nao parece mal...
dou lembranças do meu carinho e adoro dar prendas diferentes e que façam as pessoas sorrirem :)
eu acho que o natal é feito por nós e só é assim ou assado se nós kisermos :)
bjs com carinho

Luazzinha disse...

bem isso é que foi um sr post :)
eu adoro o Natal :) e desde que casei ainda sinto mais o espirito do natal :) o prazer de fazer a arvore de natal... de mudar a decoração... o prazer de comprar as prendas que sao oferecidas com amor e sem ligar ao valor que devo gastar se nao parece mal...
dou lembranças do meu carinho e adoro dar prendas diferentes e que façam as pessoas sorrirem :)
eu acho que o natal é feito por nós e só é assim ou assado se nós kisermos :)
bjs com carinho

Flor de Sal disse...

Pois, eu também ADORO o Natal, e confessio, que ADORO receber prendas. O valor monetário da prenda não tem muito significado para mim! Aliás uma das melhores prendas de Natal ke tive o ano passado foi um bolo chamado "Stolen", uma espécie de Bolo Rei Alemão, que me mandaram directamente da Alemanha. Essa prenda despertou em mim recordações fantásticas!
.... e adorei a da "boneca Joaquina"!

Cristina disse...

Eu vou falar por mim...Adoro o Natal não vou mentir...Adoro receber presentes, mas nunca peço a ninguém o que quero receber, deixo ao critério de cada um...gosto de surpresas :)...

Também fico chateada quando falam contra o Natal, blah blah...fico fula, pois afinal são pessoas que ao fim ao cabo falam mal de tudo e não gostam de nada...

Os que não querem gastar dinheiro, esses são os piores...nem vou falar deles...

Agora também sou de acordo que cada ano o Natal se torna mais materialista...é gastar sempre mais...as crianças aqui nos EUA recebem valordios pelo Natal...sou um pouco contra isso, mas também fiz ao meu filho, por isso não posso muito falar...

Concordo em fazer as compras com atecedência pois é como tu dizes, existe tudo, e não andamos à pressa e comprar seja lá o que for só porque se tem que comprar...

Enfim, a cima de tudo, concordo com o teu post

:)))

beijinhus